Como fomentar uma empresa fazendo um empréstimo com garantia

Fomente seu negócio com empréstimo com garantia

Quem está em busca de crédito pode se deparar com uma alternativa atraente, o empréstimo com garantia. Trata-se de uma modalidade que está se popularizando como uma das mais baratas do mercado.

Isso é possível quando se avaliam as opções para pessoas físicas. Já que as taxas de juros são significativamente inferiores que as cobradas no uso do cheque especial ou do cartão de crédito, por exemplo.

Entretanto, para entender se isso também se aplica para pessoas jurídicas, é necessário analisar um pouco mais a fundo e considerar outras variáveis.

O que é?

O empréstimo com garantia recebe esse nome, pois refere-se a uma modalidade de crédito, na qual o cliente transfere para uma instituição financeira a posse de um bem como garantia de pagamento.

Isso significa que o proprietário original continua com a posse do imóvel, e pode usufruir do bem, podendo, por exemplo morar nele, alugá-lo ou ocupá-lo como ponto comercial.

Entretanto, o nome do bem fica atrelado à instituição, pois caso as prestações não sejam quitadas em dia, a financiadora pode tomá-lo e utilizá-lo para saldar a dívida.

O processo de onerar as garantias costuma ocorrer por meio de alienação fiduciária, cessão fiduciária, hipoteca ou penhor e dura até que o empréstimo seja completamente pago.

Apesar de envolver o risco de perder um patrimônio, o empréstimo com garantia de imóvel é consideravelmente vantajoso para os dois lados.

Para a instituição financeira é interessante trabalhar com essa modalidade, pois a inclusão de uma garantia adicional aumenta as chances da mesma em reaver o valor emprestado. Dessa forma, consegue oferecer juros competitivos para os seus clientes.

Além de ter acesso a um intervalo maior de taxas, o tomador consegue captar valores mais altos e parcelar em prazos longos.

Tipos de Garantia

A maioria das instituições que operam com esse tipo de empréstimo aceitam imóveis e veículos como garantia.

No Brasil ainda não é muito comum, mas em alguns casos é possível alienar equipamentos médicos, máquinas agrícolas, barcos, aviões, safras, rebanhos, investimentos, entre outros.

Também existe o empréstimo consignado, uma vertente que utiliza rendimentos como aposentadorias, salários, décimo terceiro e restituição de IR.

O penhor opera com o mesmo princípio, mas foca em joias, obras de arte e objetos de valor.

Como funciona

O processo para fazer um empréstimo com garantia é bem parecido com qualquer outra operação de crédito. Envolve um cadastro e uma análise de crédito para verificar se o cliente será aprovado.

A principal diferença está na questão da garantia que envolve algumas etapas a mais, principalmente nos aspectos jurídicos e de formalização.

Por exemplo, é fundamental fazer uma vistoria presencial do bem para verificar as condições reais. Outra prática comum é a análise da matrícula dos imóveis, documento que é disponibilizado por Cartórios de Registro de Imóveis.

Além disso, é necessário apresentar documentos comprobatórios de propriedade, o que costuma dar mais trabalho quando o bem possui mais de um proprietário.

A questão jurídica tende a tornar o processo um pouco mais longo do que em um empréstimo que não envolve garantias.

Vale a pena fazer para a minha empresa?

Um dos pontos para avaliar se essa linha de crédito é adequada para a sua empresa é considerar de que forma o dinheiro captado será utilizado.

Algumas utilizações geram benefícios de curto prazo, como por exemplo, capital de giro. Ao aumentar os estoques, os resultados destes recursos tornam-se visíveis em alguns dias, seja um aumento das vendas ou um aumento na continuidade dos seus negócios.

Por outro lado, alguns investimentos geram retorno em uma perspectiva de longo prazo. A construção de uma nova loja costuma demorar meses e até que os clientes comecem a frequentá-la, o seu nível médio de vendas ficará abaixo do ideal por um bom tempo.

Uma indústria que compra uma máquina importada terá de esperar meses até o equipamento chegar e mais algum tempo para convencer os seus atuais clientes que o seu novo produto é de boa qualidade.

Dadas estas características, recomenda-se que investimentos de curto prazo sejam financiado com recursos de curto prazo. Enquanto que investimentos de longo prazo financiados por linhas longas, para que o prazo de pagamento da dívida seja compatível com o tempo necessário para o empresário colher os frutos de seu investimento.

Analisando pela perspectiva dos bancos, quanto mais longo o prazo de um empréstimo, maior tendem a ser os riscos envolvidos. Em função disso, uma alternativa para que as empresas que buscam investimentos de longo prazo possam se financiar de maneira adequada é contratando um empréstimo com garantia. Além disso, os financiadores tendem a disponibilizar condições mais vantajosas de valor e taxa para operações com garantia.

Também vale lembrar que, pela perspectiva do cliente, incluir uma garantia pode ser a diferença entre ter a sua operação aprovada ou reprovada no banco, dado que essa segurança adicional pode fazer toda a diferença na sua solicitação de empréstimo.

Onde fazer

Até pouco tempo, o empréstimo com garantia era pouco conhecido no Brasil. Somente alguns bancos trabalhavam com essa modalidade e um número restrito de correntistas tinham acesso.

Esse cenário começou a mudar desde que a lei da alienação fiduciária ficou mais flexível e permitiu eliminar alguns aspectos burocráticos.

Além disso, empresas de tecnologia estão investindo para simplificar o processo e aumentar a oferta desse tipo de crédito.

Hoje em dia, é possível solicitar um empréstimo com garantia em bancos grandes, médios, pequenos, financeiras e fintechs.

Mas em vez de consultar cada uma delas individualmente, você pode utilizar a plataforma da Finpass que compara várias instituições e modalidades simultaneamente. Você preenche um cadastro e tem acesso a ofertas específicas para o perfil da sua empresa. Comece agora clicando aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *